• Triunfo Hoje

Servidores da Compesa entram em greve


Os servidores da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) das áreas administrativas, técnica e manutenção iniciaram na última sexta-feira (8) greve por tempo indeterminado. De acordo com o presidente dos Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco, José Barbosa Gomes, os serviços essenciais como tratamento e distribuição de água para a população não serão afetados.


A categoria, formada por 3,6 mil funcionários, não aceitou a proposta de reposição da inflação de 9,33% em duas parcelas. Ainda conforme José Barbosa, os trabalhadores pedem que o reajuste seja dado sem parcelamento. Eles ainda reivindicam a manutenção das conquistas e a elevação do valor do tíquete de R$ 27 para R$ 30 por dia.

Ainda na sexta-feira a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) afirmou que ingressou com uma medida judicial no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para instauração do dissídio coletivo de trabalho, onde pretende negociar com a categoria.


A empresa informou, por meio de nota, que foi surpreendida com a greve “uma vez que ainda estava em curso o processo negocial”. Segundo a instituição, houveram seis reuniões ocorridas diretamente entre a empresa e o sindicato, além de outras quatro rodadas de negociação intermediadas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). Conforme Companhia, os pontos remanescentes de controvérsia haviam sido reduzidos. A nota ainda relembra a crise econômica em que passa Pernambuco e a crise hídrica estadual, que ocorre há 4 anos.

Fonte: Folha PE.

#greve #Compesa

© 2020 TRIUNFO HOJE