• Triunfo Hoje

Centro Cultural Padre Ibiapina abrirá exposição de Jaider Esbell próxima quinta-feira (24)


A exposição itinerante IT WAS AMAZON (Era uma vez Amazônia) do artista indígena Jaider Esbell, do povo Makuxi de Roraima, encerra temporada em Triunfo-PE, com recorte simultâneo em São Paulo-SP sugerindo amplas reflexões.

A cidade de Triunfo, localizada no alto do Planalto da Borborema, vale do Pajeú, é um importante centro de cultura nesta região do sertão pernambucano. Séculos atrás, a região era habitada por indígenas da etnia Cariri, onde ainda hoje se acham remanescentes. A capital dos festivais de inverno e do cinema no sertão, também revela o Cine Teatro Guarani, um patrimônio histórico que enriquece ainda mais a cidade de clima ameno e vocação turística.

O artista Makuxi empenha-se em acompanhar a coleção de 16 obras que tratam a Amazônia em preto e branco, como um convite a amplo diálogo sobre questões históricas e atuais, e percorrerá todo o Brasil durante 3 anos. Triunfo-PE acolhe a última mostra da primeira temporada de 6 meses. Paralelo a exposição em Triunfo, a coleção será mostrada em São Paulo, na 32ª Bienal de Arte sinalizando a conectividade do tema comum no contexto da arte global, questões ambientais e sustentabilidade, o cuidado com a terra e com a vida.

Viajando desde julho de 2016, o artista percorreu os estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande Norte, Paraíba, Pernambuco e Bahia expondo e interagindo diretamente com públicos diversos que somam mais de 10.000 pessoas, obtendo grande alcance por meio das mídias de TV e internet.

Passando por ambientes urbanos litorâneos é no sertão pernambucano que o artista vivencia imersão cultural que lhe permite ver como bem dialogam os contextos amazônicos com a Caatinga, em termos históricos gerais, como processos de ocupação, mecanismos de abordagens e domínios, os reflexos ancestrais na contemporaneidade como fruto de resistência e a busca de uma identidade brasileira. O tema da maior mostra de arte do país, a Bienal de São Paulo, fala do mesmo tempo, são quando se encontram todos esses ambientes, temas e espaços.

A proposta da itinerância é alcançar atores culturais locais em todos os estados brasileiros, usando redes sociais e meios alternativos para formação de público e construção de diálogos com linguagens complementares. Em triunfo a exposição foi possível pela articulação do fotojornalista e produtor voluntário Alvaro Severo que tem projeto realizado na comunidade Makuxi de Maturuca, em Roraima e expõe trabalhos de alunos indígenas junto com It Was Amazon. A galeria que recebe a exposição é a Toca do Teco (Agamenon Gonçalves), artesão que gentilmente cedeu espaço e mobilizou atores locais para momentos de debate e interação cultural. A mostra permanece em Triunfo até o dia 11/12.

Sobre o artista: Jaider Esbell é escritor premiado pela Funarte/Minc em 2010. Artista visual desde 2011 com diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Deu aulas e fez exposição nos Estados Unidos (2013/2014). Tem 3 livros publicados e foi vencedor do Prêmio Pipa Online em 2016.


EXPOSIÇÃO


Exposição It Was Amazon (Era uma vez Amazônia) com mostra do projeto Olhar Brasileiro (Oficina de fotografias) Local: Toca do Teco - Centro Criativo de Cultura Padre Ibiapina - Rua Padre Ibiapina, nº 01, Triunfo -PE. Horário: 9 às 17h Abertura: 24/11/2016 às 10h

Encerramento: 11/12/2016 Entrada: Livre

#exposição #JaiderEsbell #CentroCriativodeCultura #PadreIbiapina #CCCPI #TocadoTeco #ITWASAMAZON

© 2020 TRIUNFO HOJE