• Triunfo Hoje

Pernambuco ultrapassa meta de vacinação de idosos e imuniza quase 92%


Em meio à pandemia do novo coronavírus, o governo de Pernambuco anunciou, nesta quarta-feira (8), que o estado ultrapassou a meta de imunizar contra a gripe 90% dos idosos pernambucanos. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), em 15 dias, 91,79% das pessoas com 60 anos ou mais foram vacinadas. Dos 951 mil idosos que precisavam ser vacinados nesta etapa da campanha, 873.093 já receberam a dose. Por outro lado, o estado ainda precisa aumentar a taxa de vacinação entre os profissionais de saúde, que atualmente está em 77,54%. Foram aplicadas 152.712 doses nesse público. A primeira fase da campanha segue até o dia 15 deste mês. Ainda não existe uma vacina para o novo coronavírus, mas a imunização serve para evitar outras formas de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Desde o último dia 23, idosos e profissionais de saúde começaram a receber a vacina contra gripe. Eles são o público-alvo da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe. Nesta primeira fase, Pernambuco tem uma população a vacinar de 1.148.115. O objetivo da antecipação é proteger os pernambucanos contra três vírus da influenza - A(H1N1), A(H3N2) e B -, evitando adoecimentos e, consequentemente, o impacto nos serviços de saúde neste momento da ocorrência de casos do novo coronavírus.

Atualmente, o estado contabiliza 168 mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave, sendo 46 pela Covid-19; 16 por Influenza A e seis por Influenza B. Segundo o secretário estadual de Saúde, André Longo, 197 pessoas que morreram em decorrência de Srag foram testadas no estado. Desses exames, 31 ainda aguardam resultado. Casos Nesta quarta-feira, Pernambuco confirmou laboratorialmente mais 49 novos casos da Covid-19, elevando para 401 o número de pessoas com a Covid-19 no estado. As localidades com os maiores números de casos são Recife, com 254 casos; Jaboatão dos Guararapes, com 26 confirmações; Olinda, com 21; São Lourenço da Mata, com 15, e Fernando de Noronha, com 14 casos. Entre os novos casos confirmados, há mais dois bebês com menos de um ano. Além de uma criança de um mês que há havia contraído a doença, agora há mais um bebê de dois meses e outro de sete meses entre os casos no estado. "O bebê de um mês (primeiro caso nessa faixa de idade em Pernambuco) está bem e internado no Imip. O quadro é estável e só espera a médica dar alta", disse o secretário estadual de Saúde, André Longo. O secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, comentou que a literatura internacional, a partir dos casos registrados na China, Itália, Espanha e Estados Unidos, mostra que são raras as formas mais graves da Covid-19 em bebês. Porém, a atenção é necessária nesses casos porque, segundo ele, não significa que a doença não pode acontecer nessa faixa etária. "Bebês têm risco maior de ter outros vírus ao mesmo tempo, isto é, uma coinfecção", explicou.


Em relação à faixa etária, o maior número de casos é entre 30 e 39 anos, com um total de 92 confirmações, seguido da faixa entre 40 e 49 anos, com 79 casos confirmados; 50 a 59 anos (72 casos); 60 a 69 anos (62 casos); 70 a 79 anos (31); 80 anos ou mais (29); 20 e 29 anos (28). De pacientes de 0 a 19 anos são oito casos no total. Foram confirmados ainda 12 óbitos pela doença, a maior marca registrada até o momento de um dia para o outro, subindo para 46 o número de mortes registradas no território pernambucano. As mortes – de sete homens e cinco mulheres com idades entre 38 e 92 anos – ocorreram entre 1º de abril e essa terça-feira (7). Dos 401 casos confirmados em Pernambuco, 189 estão em isolamento domiciliar e 134 internados, sendo 24 em UTI/UCI e 110 em leito de isolamento. O número de recuperados continua o

mesmo dessa terça. Ao todo, 32 pessoas são consideradas curadas da doença. Sobre os leitos do estado, o secretário de Saúde informou que o estado tem 9.997 leitos de enfermaria, divididos entre leitos próprios do estado e instituições filantrópicas e privadas que atendem ao SUS. "Há, ainda, 7,5 mil leitos de menor complexidade que estão a cargo dos municípios", pontuou Longo. Os casos confirmados estão distribuídos por 27 municípios pernambucanos: Cabo de Santo Agostinho (8 casos), Camaragibe (13 casos), Jaboatão dos Guararapes (26), Igarassu (1), Moreno (2), Olinda (21), Paulista (9), Recife (254), São Lourenço da Mata (15), Vitória de Santo Antão (3), Bom Jardim (1), Lagoa do Carro (1), Paudalho (4), Passira (1), Catende (1), Palmares (2), Belo Jardim (1), Caruaru (3), Cachoeirinha (1), Arcoverde (1), Salgueiro (3), Petrolina (3), Ipubi (1), Aliança (1), Goiana (2), Macaparana (1) e Timbaúba (1). Há ocorrências ainda em Fernando de Noronha (14) e em pacientes em outros estados e países. O secretário estadual de Saúde lembrou da importância do compromisso da população no cumprimento de distanciamento social. "As pessoas devem evitar se deslocar sem necessidade e deixar para ir à rua apenas para atividades imprescindíveis. Ficar em casa é fundamental. Os próximos dias serão difíceis, mas poderão ser melhores se mantivermos as orientações das autoridades", disse. Presídios De acordo com o secretário estadual de Saúde, não há casos confirmados da Covid-19 nas unidades prisionais de Pernambuco. Segundo Longo, no Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira, no Agreste do estado, há 29 detentos isolados com sintomas gripais. Os detentos estão isolados na própria unidade prisional. "A gente tem uma preocupação com essa população que está confinada", pontuou.



Os 12 óbitos confirmados nesta quarta são: 1 – Homem, 76 anos, Cabo de Santo Agostinho, morte no dia 7 de abril 2 – Mulher, 62 anos, Recife, morte no dia 4 de abril, histórico de hipertensão e diabetes 3 – Mulher, 92 anos, Recife, morte no dia 1º de abril, histórico de hipertensão 4 – Homem, 53 anos, Recife, morte no dia 5 de abril, histórico de diabetes e doença cardiovascular crônica 5 – Homem, 74 anos, Olinda, morte no dia 5 de abril, histórico de cardiopatia 6 – Mulher, 62 anos, Jaboatão dos Guararapes, morte no dia 7 de abril, histórico de hipertensão 7 – Mulher, 44 anos, Camaragibe, morte no dia 6 de abril, histórico de diabetes 8 – Mulher, 60 anos, São Lourenço da Mata, morte no dia 5 de abril, histórico de comorbidades como diabetes, doença cardiovascular crônica e obesidade 9 – Mulher, 60 anos, Olinda, morte no dia 7 de abril 10 – Homem, 87 anos, Bom Jardim, morte no dia 6 de abril, histórico de asma 11 – Mulher, 66 anos, Goiana, morte no dia 7 de abril, histórico de hipertensão e diabetes 12 - Homem, 38 anos, São Lourenço da Mata, morte no dia 5 de abril, histórico de diabetes







Fonte: Diario de Pernambuco

#coronavírus #Pernambuco #Vacinação

© 2020 TRIUNFO HOJE