• Triunfo Hoje

Todas as regiões de Pernambuco chegam à etapa 10 do plano de flexibilização


As Gerências Regionais de Saúde (Geres) de Ouricuri e Afogados da Ingazeira avançam, a partir da próxima segunda-feira, para a etapa 10 do plano de flexibilização das atividades econômicas em Pernambuco. As demais regiões, que já se encontravam na mesma etapa, não vão avançar. A etapa 11, considerada o “novo normal” dentro do plano, estava prevista para começar a valer na próxima segunda-feira na Região Metropolitana do Recife, Zonas da Mata Norte e Sul e Geres de Caruaru, mas foi adiada. A perspectiva é que ela passe a valer a partir do dia 3 de novembro.

Na etapa 10, os eventos corporativos, sociais e culturais podem ser realizados para até 300 pessoas ou com 50% da capacidade do estabelecimento. Os cinemas e teatros também terão a capacidade ampliada de 30% para 50%. Além disso, parques de diversões, parques temáticos e similares estão liberados para funcionar com 50% da capacidade de público neste primeiro momento. 

“Desde 1º de junho temos conseguido fazer a implantação gradual das atividades econômicas, com o protocolo geral e alguns casos específicos. Temos conseguido avançar sem retroceder sempre com os cuidados necessários para preservar vidas e evitar a proliferação da contaminação em Pernambuco. Agora todo o estado vai chegar na etapa 10”, explicou Bruno Schwambach, secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

A etapa 11, que inicialmente estava prevista para entrar em vigor na próxima segunda-feira, deve passar a valer a partir de 3 de novembro em algumas regiões do estado. “Podemos nos preparar para entrar na etapa 11, que está no nível 1 da matriz de risco da pandemia no estado, é o que chamamos do novo normal. Nesta fase, todas as atividades econômicas poderão voltar seguindo protocolos específicos para evitar uma segunda onda do coronavírus em Pernambuco. Nesse novo normal, vamos continuar dialogando com os setores”, concluiu Schwambach. 

© 2020 TRIUNFO HOJE