Manifestantes ficam impedidos por barreira da PM de ir a IF protestar contra Temer

31.01.2017

 

Manifestantes são impedidos por PMs de ir ao IF-Sertão protestar contra Temer. Foto: STR Serra Talhada/Antonio dos Anjos

 

Manifestantes de organizações sociais e do PT que tentaram protestar  contra o presidente Temer, que esteve em Serra Talhada ao lado do Governador Paulo Câmara, Ministros, Deputados e do Prefeito Luciano Duque (PT) ficaram distantes do local onde acontecia a entrega do IF-Sertão às margens da PE 320, no acesso à Capital do Xaxado.

 

Uma grande barreira policial foi montada para evitar o acesso de manifestantes ao local. “Não dava nem pra ouvir o que eles falavam”  disse o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores  de Serra Talhada Flaviano Marcos, falando à Rádio Pajeú. A barreira policial não deu qualquer possibilidade de que o presidente tivesse visualização dos manifestantes. Nem de que os manifestantes pudessem ser ouvidos.


Na pauta dos protestos, a principal bandeira era contra a reforma da previdência. Também não faltaram cartazes taxando Temer de “golpista”. “Temos que alertar o Presidente Temer para que não ponha pra frente essa reforma que vai prejudicar principalmente a classe trabalhadora”, afirmou Flaviano.

 

Outro que estava presente no ato era o vereador petista Sinésio Rodrigues. Ele já havia dito que não participaria do ato e que a entrega do IF-Sertão era mérito do governo do PT, especificamente da gestão Dilma Roussef.

Alguns manifestantes tentaram furar o bloqueio

 

 

Fonte: Nill Júnior

 

 

 

Please reload

1/6

1/9

© 2016 TRIUNFO HOJE