Ministério Público solicita que IFPE não utilize questões repetidas

21.02.2017

Foi solicitado pelo Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco, a não utilização de questões que já tenham aparecido em concursos anteriores, nos próximos concursos do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE).

 

De acordo com o MPF, no concurso realizado em 2014 pelo IFPE (Edital nº 44/2014), na prova aplicada para o cargo de professor de ciências jurídicas das 30 questões, 13 provinham de exames de outras instituições. A situação viola os princípios de igualdade, moralidade e competição que devem estar presentes nos concursos públicos. Como o resultado desse concurso já foi anunciado, a resolução não terá aplicabilidade retroativa.

 

O professor responsável pela elaboração das questões já assinou um termo de compromisso prometendo criar questões inéditas para os concursos. O Instituto tem 60 dias para informar se vai acatar ou não a solicitação. Em caso negativo o MPF pode adotar medidas judiciais e procedimentos administrativos pertinentes.

Please reload

1/11

© 2016 TRIUNFO HOJE