Policiais civis aposentados de PE são autorizados a voltar ao trabalho para reforçar combate a crimes

25.02.2017

O Governo de Pernambuco editou, na quinta-feira (23), o decreto no. 44.146, que autoriza policiais civis aposentados a retornar ao serviço público para desempenhar atividades administrativas. Assim, o efetivo que está na ativa poderá reforçar as investigações. Essa medida de contratação imediata tem como objetivo ajudar no combate aos homicídios e crimes contra o patrimônio. 


Com o decreto, até 800 servidores aposentados poderão ser chamados, após processo seletivo. O prazo para desempenhar as funções será de três anos, prorrogável por igual período. O decreto é regulamentado pela Lei Complementar no. 340, de 22 de dezembro de 2016.


Com a determinação do governo, policiais civis aposentados podem desempenhar os cargos de comissário, agente e escrivão de polícia. Dentre as funções, os servidores poderão atender ao público em delegacias e lavrar boletins de ocorrência.


O chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito do Amaral, informou, em entrevista o Bom Dia Pernambuco, que 187 policiais estão prestes a ser contratados para atuar no Recife. Além desses, mais 146 homens se inscreveram para a Região Metropolitana e 219, para o interior. "Além disso, vamos reduzir o tempo de curso para permitir que os novos policiais aprovados no último concurso comecem a agir em setembro", comentou.


Amaral afirmou que juridicamente es policiais já poderiam atuar no carnaval. Entretanto, seria necessário fazer um treinamento. Por isso, o reforço será efetivado depois dos festejos.
 

Fonte: G1

Please reload

1/10

© 2016 TRIUNFO HOJE