Delator da JBS diz ter pago propina a Paulo, Geraldo e FBC

19.05.2017

O dono da JBS, Joesley Batista, contou em sua delação premida que o prefeito do Recife, Geraldo Júlio e o atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara, usaram o nome de Eduardo Campos, depois de morto, para lhe pedir dinheiro. O pedido, segundo Joesley, foi feito pessoalmente, pelos dois pessebistas que disseram que Joesley deveria homenagear Campos ajudando a eleger Paulo câmara Governador.

 

A delação contra os dois principais nomes do PSB de Pernambuco consta do Anexo 36. A pessoa indicada pro PSB para receber o dinheiro via caixa dois para Paulo Câmara no valor de R$ 1 milhão foi André Gustavo Vieira da Silva. Também foram pagos dois milhões a Fernando Bezerra Coelho pelo caixa dois por intermédio de André Gustavo.

 

Please reload

1/11

© 2016 TRIUNFO HOJE