Festival Animage começa hoje em Triunfo; confira a programação

08.12.2017

O Animage – Festival Internacional de Animação de Pernambuco realiza uma Mostra Especial de sua edição 2017 na cidade de Triunfo. Esta ação é uma parceria entre o festival, o Consulado da França no Recife e a Secretaria de Cultura do Estado, dentro do Projeto Cine de Rua.

O conteúdo da Mostra é parte do que o festival exibiu em sua última edição, que acabou de ser encerrada no Recife, além de uma Mostra Pernambucana, que inclui um panorama da animação produzida em Pernambuco. Produções europeias, Mostra Francesa, Mostra Infantil e Mostra Brasil integram a programação, que tem como destaques o longa francês Louise en Hiver, de Jean-François Laguionie, e traz também o curta escolhido como melhor filme brasileiro desta edição do Animage, o pernambucano Fazenda Rosa, de Chia Beloto.

Em Triunfo, as exibições acontecem no Cine Teatro Guarany, de sexta à domingo (08, 09 e 10/12, com sessões às 19h e 20h).

 

 

PROGRAMAÇÃO
Sexta-feira, 8/12

19h – Mostra Francesa – 86’
Class Indic: Livre
Curta Diamenteurs, de Chloé Mazlo (França, 2016, 11’13″)
Longa Louise en Hiver (França, 2016, 75’)

 

Sábado, 9/12
19h – Mostra Infantil – 60’

Class Indic: Livre
- Vulkansziget, de Anna Katalin Lovirty (Hungria, 2017, 9’13″)
- RotoJam3, de Ashley Lo Russo (Canadá, 2016, 2’57″)
- Running Lights, de Gediminas Siaulys (Lituânia, 2017, 11’20″)
- Black Rhino, de Paolo Conte (Itália, 2016, 3’57″)
- Awesome Beetle’s Colors, de Idra Sproge (Letônia, 2016, 3’13″)
- CONTACT, de Katy Wang (Inglaterra, 2017, 7’26″)
- La Loba, de Julia de Macedo Nicolescu (Brasil, 2017, 3’09″)
- Willie and The Foxtrot 01, de Esteban Polito e Santiago Uriarte (Uruguai, 2017, 2’06″)
- A Priori, de Maïté Schmitt (Alemanha, 2017, 3’29″)
- Layers of Fear, de Hsin-Ying Liu (Inglaterra, 2017, 3’29″)
- Pixied, de Agostina Ravazzola e Gabriela Sorroza (Argentina, 2017, 8’24″)

 

20h – Mostra Pernambucana – 63’
Class Indic: 16 anos
- Dia Estrelado, de Nara Normande (2011, 17’)
- Até o Sol Raiá, de Fernando Jorge e Leanndro Amorim (2012, 12’)
- Voltage, de William Paiva e Filippe Lyra (2008, 6’)
- A Escada, de André Arôxa (2013, 3’05”)
- Deixem Diana em Paz, de Júlio Cavani (2013, 10’)
- A Festa de Isaac, de Ianah Maia (2011, 6’)
- O Gaivota, de Raoni Assis (2014, 7’)
- Abrupto, de Ayodê França e Paulo Leonardo (2012, 1’45”)

 

 

Domingo, 10/12
19h – Mostra Brasil – 42’

Class Ind: Livre
- Fazenda Rosa, de Chia Beloto (Recife, 2017, 8’19″)
- Plantae, de Guilherme Gehr (Rio de Janeiro, 2017, 10’25″)
- Em Crise, de Amir Admoni e Paula Rocha (São Paulo, 2016, 1’30″)
- Caminho dos Gigantes, de Alois Di Leo (São Paulo, 2016, 11’52″)
- La Loba, de Julia de Macedo Nicolescu (Rio de Janeiro, 2017, 3’09″)
- O Violeiro Fantasma, de Wesley Rodrigues (Aparecida de Goiânia, 2017, 6’50″)

Please reload

1/10

© 2016 TRIUNFO HOJE