10 dicas de segurança para as redes sociais

06.01.2020

Instagram, Facebook, Twitter... as redes sociais chegaram para fazer parte da vida da grande maioria dos usuários da internet. Compartilhar fotos, informação e histórias com a família e amigos é tão normal, que muita gente se esquece dos perigos que existem nessas redes. É aí que os criminosos online se aproveitam para espalhar vários tipos de vírus, praticar fraudes, e até roubos de identidade.

Cuidar da vida digital é tão importante quanto ficar atendo à vida offline. Aprender a navegar com segurança é essencial, por isso, separamos dez dicas que como usufruir das redes sociais sem cair em armadilhas. Confira!

 

1. Amigos apenas

Redes sociais são usadas para manter os amigos por perto, e fazer novos amigos. Mesmo assim, saiba como manter a sua privacidade nesses sites. Aceitar novos contatos pode ser perigoso, já que muitos fraudadores usam perfis falsos para roubar informações das vítimas.

 

2. Cuidado com os links

 

Links podem te levar para qualquer lugar. Se for um link malicioso então, hackers podem redirecionar o clique para um site falto, com o objetivo de instalar vírus ou praticar o phishing. Por isso, muito cuidado ao clicar em links publicados nas redes sociais, sejam eles vindos de amigos ou não.

3. Informações são valiosas

Informações pessoais coletadas em redes sociais podem ser um prato cheio para os cibercriminosos, que se aproveitam da exposição dos usuários para coletar dados. Essas informações são usadas, na maioria das vezes, para fraudes. Ajuste sua configuração de privacidade para restringir o alcance da sua rede apenas para os amigos.

 

4. O que você publica é para sempre

As pessoas têm a falsa sensação de que têm total controle de suas redes sociais. Basta deletar a conta do Twitter, por exemplo, e tudo vai embora como em um passo de mágica. Não é bem assim… fotos, vídeos, informações e dados são compartilhados em tempo real com os outros usuários, que podem salvar o conteúdo da rede social em suas máquinas. Por isso, é prudente sempre considerar o impacto de uma postagem para o futuro.

 

5. Rede Social não é coisa de criança

Assim como na vida por trás dos computadores, os pequenos precisam de orientação de como se comportar. Redes sociais são perigosas quando administradas por criminosos, e crianças são um alvo fácil. Fale com seus filhos sobre esses perigos, e cuidado com as fotos dos pequenos.

6. Nem tudo é verdade

Não acredite em tudo o que falam para você em redes sociais. Hackers podem invadir as contas de outros usuários e, desse modo, tentar enviar mensagens para a rede de amigos da vítima. Assim que perceber que uma mensagem é fraudulenta, denuncie.

 

7. Check in

Utilizada por muitos usuários, a opção de “check in” das redes sociais em lugares como restaurantes, academia, trabalho, ou até a própria casa, pode desenhar um passo-a-passo de sua rotina com precisão, muitas vezes, mostrando preferências e horários para quem estiver conectado a você. Evite ao máximo esse tipo de comportamento para não deixar informações sobre seu cotidiano cair nas mãos dos criminosos.

 

8. De onde você vem?

Acessos em redes públicas podem deixar sua rede social mais vulnerável aos hackers de plantão.

 

 

9. Cuidado com os aplicativos

 

Alguns aplicativos são integrados a redes sociais, já existem casos onde o aplicativo é malicioso e rouba informações do usuário.

 

10. Cuidado com suas senhas

 

Não utilize senhas muito fáceis. Use senhas longas, compostas de diferentes tipos de caracteres como números e símbolos. Não utilize dados pessoais para senhas, nem palavras que façam parte da sua rotina.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Mundo Positivo

 

Please reload

1/11

© 2016 TRIUNFO HOJE