Evento espera gerar R$ 80 milhões para o turismo de Pernambuco

30.08.2019

Uma oportunidade para que o setor de turismo de Pernambuco estabeleça contato direto com operadores de turismo internacionais vai acontecer de 24 a 27 de novembro, no Hotel Armação, em Porto de Galinhas. Chamado de Visit.Pernambuco, o evento tem a expectativa de gerar R$ 80 milhões em negócios, ao fechar pacotes de turismo para regiões atrativas do Estado. Mais de 300 profissionais do setor, entre compradores e vendedores, devem participar do encontro.

O evento é considerado um grande momento porque, atualmente, as operadoras de turismo continuam sendo os principais canais da vinda de visitantes para Porto de Galinhas. “As operadoras representam mais de 60% do mercado para a chegada de turistas brasileiros em Porto. E contabilizando os turistas internacionais, as operadoras trazem mais de 80% deles”, disse Eduardo Tiburtius, presidente do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau (PGACVB), que idealizou o Visit.Pernambuco juntamente com a Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas (AHPG). O encontro também conta com a parceria da Prefeitura de Ipojuca, o Sebrae e a Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco (Seturel-PE).

 

Segundo o secretário de Turismo do Estado, Rodrigo Novaes, serão apresentadas as potencialidades das regiões turísticas para fomentar negócios. “Municípios que não tinham contato com operadores importantes vão poder ter esse momento. Poderão fechar negócios com operadores do mundo todo”, disse Novaes, ao complementar que, na prática, haverá espaço de visitação para operadores fecharem pacotes de turismo com receptivos, hotéis, e outros vendedores.

Pelo projeto, Pernambuco pretende fortalecer os turistas de países com demanda para o litoral do Estado e retomar outros mercados. “Queremos trabalhar para atrair, por exemplo, turistas chilenos. Hoje, o Chile está em quinto lugar em turistas estrangeiros para Porto de Galinhas. E o voo direto Recife-Santiago deve fortalecer esse mercado. Além disso, queremos retomar mercados europeus”, contou Tiburtius, ao acrescentar que, até 2005, o público em Porto de Galinhas era de europeus, mas após a crise, mudaram para o Caribe. Hoje, os argentinos são os turistas internacionais que mais visitam Porto. Em dois anos, Porto de Galinhas aumentou 5 mil leitos em seus locais de hospedagem. Hoje, são aproximadamente 20 mil leitos.

 

 

 

 

Fonte: Folha de Pernambuco

 

 

Please reload

1/10

© 2016 TRIUNFO HOJE