Pernambuco soma R$ 693 milhões de investimentos aprovados

27.12.2019

O ano ainda não terminou para os investimentos em Pernambuco. A última reunião do ano realizada pelo Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic), hoje, foi anunciado o maior volume em aporte e segundo maior em previsão de empregos gerados entre as seis reuniões do ano. Foram aprovados 25 projetos privados, com investimento na ordem de R$ 273 milhões e a perspectiva de gerar 651 postos de trabalho em 2020, sendo 587 no interior. Com o anúncio, o saldo do ano foi positivo para a economia do estado, com aval de aporte de R$ 693 milhões à iniciativa privada no acumulado do ano e projeção total de 3.138 empregos.

Dois investimentos se destacaram na pauta da reunião de hoje do Condic, o primeiro deles para a expansão da Ambev em Itapissuma. O aporte será de R$ 155 milhões para melhorias no parque industrial. "Foi um investimento que Pernambuco disputou com outras fábricas do Brasil e da América Latina e servirá para desenvolver uma tecnologia nova para fazer extrato de malte. Teremos o único ponto de beneficiamento do malte da Ambev na América Latina e, daqui, ela vai distribuir para outras fábricas para fazer a cerveja puro malte", explica Bruno Schwambach, secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

Outro aporte que se destacou na reunião chama a atenção pela geração de empregos previstos. A fábrica Roma Jeans vai se instalar em Toritama e a expectativa é a criação de 254 postos de trabalho a partir de 2021, quando a produção tiver início, com capacidade de fabricação de cerca de um milhão de metros de tecido Denin (jeans) por mês. O investimento é de R$ 75 milhões, que incluem a aquisição do terreno, construção da fábrica, importação de máquinas e toda a operacionalização da planta. As obras começam no primeiro trimestre de 2020. "Foi um trabalho intenso de atração e a Roma Jeans ficou em dúvida em qual município se instalaria, mas sabia que seria no Polo de Confecções do Agreste e encontrou um terreno em Toritama. Ela traz reforço ao adensamento da cadeia produtiva, que é um setor importante para o estado, mas que estava com poucas indústrias. Inclusive, estamos conversando com outras para trazer mais", disse o secretário.

Para Roberto Abreu, presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), os projetos aprovados fortalecem a interiorização do desenvolvimento no estado e a criação de empregos no interior. Ele ressalta que dos R$ 273,3 milhões em investimentos aprovados, 40,6% representam aportes no interior, enquanto na geração de postos de trabalho, das 651 vagas, 90% são para o interior.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Diario de Pernambuco

 

Please reload

1/11

© 2016 TRIUNFO HOJE