UFPE lança edital do Sisu, que abrirá inscrições no dia 21 e tem 14.931 vagas em PE

04.01.2020

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lançou nesta sexta-feira (3) o edital do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para o primeiro semestre de 2020. A universidade está oferecendo - nos campi Recife, Caruaru e Vitória de Santo Antão - 6.982 vagas em 104 cursos, sendo 3.485 vagas para a ampla concorrência e 3.497 vagas a serem disputadas pelas regras da Lei de Cotas. Em todo o estado, o Sisu, cujas inscrições começam no dia 21, oferece 14.931 vagas em seis universidades ou institutos federais.

De acordo com o edital, para concorrer a uma vaga do sistema de cotas da UFPE, os candidatos autodeclarados pretos ou pardos dos três campi da UFPE que forem selecionados na chamada regular, assim como os convocados da Lista de Espera do Sisu 2020 e habilitados no sistema, "deverão, obrigatoriamente, submeter-se à avaliação da Comissão de Heteroidentificação". No momento da apresentação do candidato, não será permitido o uso de adereços, óculos escuros, chapéus ou bonés e maquiagem.

A Comissão de Hetero identificação da UFPE foi composta mediante uma seleção entre membro da comunidade universitária, pessoas com experiência comprovada na temática da promoção da igualdade racial e do enfrentamento ao racismo ou, ainda, pessoas vinculadas a grupos de pesquisa, movimentos sociais negros, coletivos ou outras instâncias congêneres dedicadas às relações étnico-raciais. Todos os participantes da comissão participaram de oficina de formação para atuação nas Comissões de Validação da Autodeclaração Racial e respondem pela ratificação da autodeclaração realizada por candidatos inscritos no sistema de cotas para pretos e pardos em processos seletivos, concursos públicos da UFPE e no Sisu.

Inscrição

Pode fazer a inscrição no Sisu no primeiro semestre de 2020 o estudante que participou do Enem de 2019, obteve nota na redação diferente de zero e não tenha sido "treineiro" (participante que concluirá o ensino médio após o ano letivo de 2019; não esteja cursando ou não concluiu o ensino médio) no exame. É necessário informar o número de inscrição do Enem 2019 e a senha mais atual cadastrada na Página do Participante.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC) por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Enem. O período de inscrições vai de 21 de janeiro até as 23h59 de 24 de janeiro. O resultado da chamada regular será publicado no dia 28. Entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro, os candidatos não classificados na chamada regular poderão participar da lista de espera. De 7 de fevereiro a 30 de abril, haverá a convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições.

 

Diariamente, durante o período de inscrição, o sistema se encerra e abre na manhã seguinte mostrando a classificação dos candidatos aos cursos pretendidos. Com isso, o candidato consegue monitorar as notas de corte e ver se a sua nota é suficiente para ingressar naquela opção escolhida. Ele tem até o último dia da inscrição para mudar as escolhas. No entanto, antes de fazer as escolhas pela nota de corte, o estudante deve avaliar os cursos que realmente querem fazer e as universidades que realmente cursariam, levando em conta distância da instituição e se pode se mudar para outro estado para estudar, por exemplo. As notas de corte serão divulgadas nos dias 22, 23 e 24 de janeiro, sempre a partir da 0h.

Para se inscrever, o participante deve acessar o site do Sisu. Ao efetuar a inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes. O candidato também deve definir se deseja concorrer a vagas de ampla concorrência; a vagas reservadas de acordo com a lei 12.711, de 2012 (Lei de Cotas) ou a vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições. Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar suas opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.

 

São considerados selecionados somente os candidatos classificados dentro do número de vagas ofertadas pelo Sisu em cada curso, por modalidade de concorrência. Caso a nota do candidato possibilite sua classificação em suas duas opções de vaga, ele será selecionado apenas em sua primeira opção.

Vagas

No Sisu 2020.1, entre as universidades e institutos federais do estado, 14.931 vagas são oferecidas. Elas já podem ser consultadas no site do Sisu. Das vagas oferecidas em Pernambuco no início deste ano, 6.982 vagas são na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) é a segunda insituição com o maior número de vagas. São 4.340 em 73 cursos, sendo 2.170 na ampla concorrência e 2.170 no sistema de cotas.

A Universidade de Pernambuco (UPE) disponibiliza 1.740 vagas de 64 cursos pelo sistema. Dessas, 1.397 são pela ampla concorrência e 343 por ações afirmativas. A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) oferece 800 vagas em Pernambuco, sendo 720 em Petrolina e 80 em Salgueiro.


O Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) oferece 390 vagas de 10 cursos pelo Sisu. Do total, 135 são pela ampla concorrência, 20 de ações afirmativas e 235 pela Lei de Cotas. Já o Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão) tem 22 cursos com 679 vagas - sendo 315 pela ampla concorrência, 22 por ações afirmativas e 342 pela Lei de Cotas - no Sisu.

 

 

 

 

 

Fonte: Diario de Pernambuco

 

Please reload

1/11

© 2016 TRIUNFO HOJE