Sesc Pernambuco dá início ao #CulturaEmRedeSescPE

18.07.2020

Comprometido com o incentivo, fomento e difusão das produções culturais, especialmente em um momento de fragilidade do setor, o Sesc Pernambuco está dando início ao #CulturaEmRedeSescPE. A chamada pública, aberta em maio deste ano, selecionou, por meio de uma curadoria que avaliou mais de mil proposições, 161 projetos locais, que vão compor programação virtual nos meses de julho até novembro.

 

“Estamos trabalhando com a arte e a cultura produzidas pelo povo de Pernambuco. Têm dois princípios básicos da política de cultura do Sesc que para nós são muito preciosos: cultura como direito e na sua plenitude e diversidade”, afirma o gerente de Cultura da instituição, José Manoel Sobrinho. Cada projeto aprovado está recebendo incentivo que varia de R$ 500 a R$ 3 mil. Além disso, instituição está investindo em serviços de acessibilidade para pessoas parcial ou totalmente cegas e surdas. Ao todo, o investimento ultrapassa os R$ 290 mil. As 161 iniciativas selecionadas são de diversas cidades do estado, como Recife, Olinda, Petrolina, Pesqueira, Moreno, Garanhuns, Arcoverde, Paulista, Triunfo, Limoeiro, Tacaimbó, entre outros municípios.

 

Elas integram as linguagens de artes cênicas (57), literatura (23), artes visuais (25), música (31) e audiovisual (25), e as atividades se diluem em cursos, aulas, oficinas, palestras, conversas, pesquisas, podcasts, performances, apresentação de espetáculos e exibição de vídeos. As transmissões, alguns com taxa de inscriçãoe a maioria gratuita, vão acontecer nos canais digitais do Sesc no Instagram, Youtube, Facebook, nas plataformas de streamSpotify, Deezer e SoundCloud e nos perfis dos artistas e produtores selecionados.

 

Programação – As primeiras atividades do #CulturaEmRedeSescPE estão começando neste mês de julho e a programação atualizada estará disponível no site da instituição:

15 de julho, às 16h –live Conexão Teatro - “Produções das mulheres e vivências do feminino em cena”, com Isis Agra e Hilda Torres;

18 de julho, às 17h - live “Literatura feminina: vozes negras insurgentes”, com as escritoras Odailta Alves e Bell Puã;

19 de julho, às 15h – Exibição do espetáculo “Histórias por um fio”, da Cia Fiandeiros, seguida de conversa com a companhia e o diretor, João Denys, sobre o processo de montagem do espetáculo “Histórias por um fio”; às 19h – exibição de vídeo produzido por Natan Norberto contando a história de Mestre Nice;

20 de julho a 09/08, às 11h – curso “Como medir a capacidade de inovação de seu negócio em economia criativa?”, com Ricardo Ruiz. Inscrição:https://forms.gle/JaF53Ria8Djo8Div6. Valor R$ 15 (comerciário e dependente) e R$ 30 (público geral); às 19h – exibição do espetáculo “Eu sou”, de Helder Vasconcelos, seguida de conversa com o artista;

21 de julho, às 20h – live “Acessibilidade nas artes visuais”, com Victor Santos;

22 de julho, às 16h – Conexão Teatro – “Produções das mulheres e vivências do feminino em cena”, com Samara Lacerda e Juliana Sanches; às 20h – live “Estratégias e disputa narrativa numa perspectiva dissidente”, com Anti Ribeiro e Cíntia Lima;

23 de julho, às 20h – Live “O gesto da crítica teatral online”, com Luciano Rogério e Wellington Junior;

24 de julho – Vídeo “Tapuya em retomada: o processo de criação de Kadu Xucuru”;

25 de julho, às 17h – “Produção de quadrinhos e sua utilização nas práticas educativas”, com Fábio Silve e Braga Câmara; às 16h - “Memórias transatlânticas – narrativas negras audiovisuais na diáspora entre Pernambuco e África, com Natália Lopes e Tila Chitunda;

26 de julho, às 14h– Seminário de quadrilhas juninas na rede, da Gama Empreendimentos Culturais;

27 de julho a 20/08, às 16h - curso “Deslocamento Inerte”, com Morgana Caroline. Inscrição: https://forms.gle/83NP1nKRyWLuddsV9. Valor R$ 15 (comerciário e dependente) e R$ 30 (público geral); às 19h – Exibição do espetáculo “Rasif”, do Coletivo Angu de Teatro, seguida de conversa com o grupo;

28 de julho, às 20h -live“Por trás do Varal”, com Bia Limae Camila Storck (arte-educação e processos artísticos infantis;

29 de julho, às 20h – live“Redes sociais: da sustentabilidade artística às conexões de afetos criativos” com a gestora cultural TwillaB e o músico Igor de Carvalho, e mediação da cantora Gabi da Pele Preta;

30 de julho, às 20h – live Conversando Pitangas, do Coletivo Agridoce, com o tema “Formação cênica dentro das universidades”, com participação do coletivo Cupim;

31 de julho, às 17h – lançamento do curta-metragem “Assum Preto”, de Mako Machado; vídeo de Danielly Guerra sobre produção artística durante isolamento; vídeo “Exercício de arquivo #2”, de Abiniel João do Nascimento.

 

Sesc – O Serviço Social do Comércio, seguindo as orientações de isolamento social determinadas pelo Governo de Pernambuco, em razão da pandemia do novo coronavírus, está realizando seus trabalhos em regime home office. Ações das cinco áreas fins da instituição (Educação, Cultura, Lazer, Assistência e Saúde) estão sendo realizadas com o auxílio de plataformas digitais, que contribuem para que a interação não seja interrompida. Aulas gratuitas de Pré-Enem e cultura, além do conteúdo da Educação Infantil e Ensino Fundamental estão sendo transmitidos à distância, assim como dicas de leitura, atividades físicas, brincadeiras e jogos. Profissionais da saúde estão repassando informações educativas de prevenção e combate ao Covid-19 para o público infantil, jovem, adulto e idoso. Ao mesmo tempo, o Banco de Alimentos da instituição está em campanha, em todo o estado, para arrecadar cestas básicas, alimentos não-perecíveis e produtos de limpeza e itens de higiene. Para conhecer mais sobre o Sesc e saber de novas decisões e determinações neste período de quarentena, acesse www.sescpe.org.br.

 

Serviço: #CulturaEmRedeSescPE

Data: de julho a novembro

Onde: Canais digitais do Sesc no Instagram, Youtube, Facebook, Spotify, Deezer e SoundCloud, além dos perfis online de artistas e produtores selecionados

Programação: https://www.sescpe.org.br/

 

Please reload

1/6

1/9

© 2020 TRIUNFO HOJE